(35) 3713 - 1352 Segunda - Sexta 08:00 - 18:00

Com as mudanças climáticas cada vez mais evidentes, a necessidade da substituição de fontes alternativas de energia altamente poluentes por substitutos mais eficientes e limpos tem sido encorajada. Conheça agora quais os tipos de energia renováveis existem e por que são um investimento cada vez mais interessante.

O que é energia renovável?

As energias renováveis são aquelas provenientes de fontes menos agressivas ao ambiente. Em geral, ocasionam bem menos emissões de Gases de Efeito Estufa (GEEs) do que as convencionais, e devem provir de processos naturais, como a energia das marés, ou que possam reabastecidos constantemente, como é o caso da biomassa de cana ou eucalipto.

Ainda que nenhuma fonte energia seja inteiramente limpa, a substituição das fontes alternativas por renováveis certamente colabora para um ambiente com maior qualidade de vida para a sociedade.

As fontes renováveis usadas hoje são: a solar, eólica, biomassa, geotérmica, hidroelétrica e de marés. Também entram aqui os biocombustíveis e células de hidrogênio derivadas de recursos renováveis. Veja a seguir quais os tipos de energia renováveis mais usados no Brasil hoje.

Hidrelétrica

Proveniente da cinética de águas, principalmente por gravidade, cujo potencial hidráulico se expressa em sua capacidade do acionamento de turbinas, que são as efetivas geradoras de eletricidade.

Segundo o Banco de Informações de Geração (BIG) do Ministério de Minas e Energia, a hidroeletricidade responde por aproximadamente 60,7% da potência instalada no Brasil.

Biomassa

É toda e qualquer matéria orgânica não-fóssil que, a partir de um processo de combustão, gera energia térmica conversível em elétrica. É considerada renovável porque pode provir de cultivos, como no caso do eucalipto ou da cana-de-açúcar, ou dos restos de cultura ou criação, como biomassa de cana e milho ou metano produzido por efluentes de locais de criação de suínos.

Podem ser sólidos (madeira, carvão vegetal, restos orgânicos vegetais e animais), líquidos (biodiesel, etanol, etc.) ou gasosos como o biogás e o gás metano coletado em aterros sanitários.

Atualmente, aproximadamente 8,77% do potencial gerador de eletricidade no Brasil provém da biomassa.

Solar

É a conversão de radiação solar em eletricidade utilizável nas casas. É uma fonte virtualmente inesgotável, potente e quase inteiramente limpa. O investimento em energia fotovoltaica e aquecimento solar tem se mostrado cada vez mais interessante e difundido.

Eólica

É a geração de energia a partir do movimento de turbinas a partir da captação da energia cinética dos ventos. Esse tipo de fonte também vem crescendo em utilização no Brasil, especialmente em regiões litorâneas e no Nordeste.

Quais as vantagens da energia renovável?

Como o próprio nome sugere, a principal vantagem da energia renovável é a capacidade de renovação no longo prazo. No caso da biomassa do eucalipto e da cana, além das baixas taxas de emissão de GEEs, os plantios ajudam a fixar o carbono que de outra forma estaria livre, agravando o efeito estufa.

Também, a energia renovável é mais barata no médio e longo prazos, pois seu processo de obtenção é menos impactante e custoso do que o de outras fontes, tais como o petróleo. Neste caso, há muitas etapas envolvidas bem como muita geração de resíduos nocivos ao ambiente.

Por que investir em aquecimento solar?

Além de colaborar para a diminuição do impacto ambiental que você gera consumindo eletricidade, investir em aquecimento solar apresenta outras vantagens. Confira:

Aquecimento solar não tem mistério

Para instalar um sistema de aquecimento solar, não há mistérios. Bastam adaptações simples para ter um sistema que exige pouca manutenção, que, aliás, é fácil e barata de realizar. Os reservatórios são muito resistentes e duráveis e os coletores precisam ser limpos com água e sabão neutro de seis em seis meses ou anualmente.

Sistemas de aquecimento enquanto investimento

Há estudo que comprovam que casas com instalações de energia solar são valorizadas no mercado imobiliário. Além de agregar valor ao seu empreendimento, o investimento em aquecimento pode pagar-se rapidamente, dependendo do seu perfil de consumo.

O principal fator, ainda assim, é que o centro de custos de uma conta de energia é o chuveiro elétrico, que pode responder por até 40% do consumo. Portanto, quando você instala um aquecedor solar, você elimina a principal fonte de gastos da sua conta.

As energias renováveis são uma tendência de mercado no Brasil. Ainda que no país a maioria da eletricidade provenha de hidrelétricas, essa fonte tem sido gradualmente substituída por outras menos impactantes.

Nesse sentido, a adoção de energias um sistema de aquecimento solar é um investimento tanto financeiro quanto ambiental.

Comente aqui algum outro benefício das energias renováveis que você conheça. A SolarMinas agradece sua visita.

 

Deixe uma resposta

Fechar menu